Eu sei, todo esse papo do “politicamente correto” enche o saco, concordo. Parece que hoje, tudo é “politicamente incorreto” não é verdade? A ladainha da eco-responsabilidade também parece não ajudar muito… É muita pressão para forçar uma “consciência ecológica”, sei lá.

Como despertar a consciência de preservação da natureza em uma criança sem que ela queira de fato preservar a natureza porque compreende que ela é algo necessária (e não porque todos dizem repetidamente: “o planeta está morrendo e a culpa é sua!”)?

Só pra citar um exemplo: como é possível para alguém que não pisa na grama (porque é proibido), ou quebra um galhinho de uma planta (sem ser chamado de assassino cruel), ou subiu em uma árvore, enfim, que nunca experimentou a natureza, sentir a necessidade de desenvolver consciência ecológica?

Ao invés de vociferar todo esse papo de responsabilidade social, ecologia e meio ambiente, acho muito mais importante a prática no dia a dia, o exemplo é algo muito poderoso e menos intrusivo (se é que cabe falar dessa forma quando o assunto é a destruição do planeta, não mesmo?).

Tenho a felicidade de trabalhar em uma empresa que presa muito a questão socio-ambiental. E isso é tão natural dentro da cultura da empresa que ninguém precisa ficar em momento algum “cobrando” uma atitude de responsabilidade social ou de preservação da natureza. As ações e exemplos são percebidos diariamente:

  • Nas salas de reunião, onde todas as folhas são de papel reciclável e os lápis feitos com madeira de reflorestamento;
  • Nos bebedouros, onde podemos utilizar copos descartáveis biodegradáveis;
  • Em todas as impressoras, onde a preferência é por utilização de papel reciclável (salvo quando é exigido papel comum);
  • Na distribuição de sacolas retornáveis para todos os funcionários;

 

sacola retornavel

No Brasil…

  • 66 sacolas são usadas por pessoa a cada mês
  • 36.000.000 sacolas são consumidas todos os dias
  • 400 anos é o tempo gasto para sua decomposição natural

 

Com o objetivo de reverter estes números e enxergando o caminho para a sustentabilidade como uma ação coletiva, estamos distribuindo a todos os funcionários do Rabobank Brasil uma sacola retornável, auxiliando a reduzir o consumo de sacolas plásticas e minimizando assim nosso impacto sobre o meio ambiente!

Para ter acesso a mais informações sobre o tema e saber dicas de como diminuir seu consumo de sacolas visite o sita da Campanha do Ministério do Meio Ambiente “Saco é um saco”. 

2011-08-29 16.54.43

  • Nos cartões de visita dos funcionários, que são confeccionados utilizando papel reciclável;
  • Na caixinha onde os cartões de visita são entregues, também feito de papel reciclável;
  • No uso de lâmpadas fluorescentes;
  • No desligamento programado dos computadores das 21h às 6h;
  • Na configuração para desligamento automático dos monitores após alguns minutos sem uso;
  • No contrato de compra de computadores da Dell, que desenvolve equipamentos com baixo consumo de energia;
  • No ajuste de temperatura do ar condicionado (desligamento durante a noite e aos finais de semana);
  • No apoio a campanhas como o Papai Noel dos Correios.
  • E tantas outras ações…

Enfim, exemplos concretos e ações efetivas, muito melhor que blá-blá-blá.