sharepoint2010

Estive presente ontem no evento organizado por Hélio Sá, Rodolfo Roim e Thiago Cruz e fiquei bastante impressionado com o novo SharePoint.

A palestra de abertura foi feita pela Daniela Vitaliano (Gerente de Produto na Microsoft Brasil), onde foi apresentada a comunidade de SharePoint no Brasil a estratégia do produto para o próximo ano, e as mudanças na plataforma. O SharePoint Services continuará gratuito mas se chamará SharePoint Foundation 2010, e o MOSS passa a se a chamar SharePoint Server (essa versão é paga e possui todos os recursos da plataforma). Ainda não foi totalmente definido o que conterá a versão Foundation.

O SharePoint 2010 teve toda sua interface modificada ficando semelhante ao Office com os famosos ribbons, sensíveis ao contexto, possibilitando uma interface com o usuário fluente. Isso significa que todas as ações são executadas na mesma tela, e ações mais complexas são exibidas em janelas do tipo modal (chamadas de modal frameworks no SharePoint). Outra novidade é que é possível estender e customizar uma ribbon.

As novidades para os desenvolvedores foram muitas, a que causou maior alvoroço nos presentes foi a possibilidade de desenvolvimento para SharePoint em uma máquina rodando Windows Vista ou Windows 7, sem a necessidade de rodar sobre um server ou de utilizar virtual machines (quem já desenvolveu para SharePoint sabe como isso era chato!). Porém, será necessário um ambiente x64 pra isso (haja máquina). Um novidade que achei fantástica foi a total integração do SharePoint com o Visual Studio 2010 para desenvolvimento de projetos, inclusive com um novo projeto Visual WebParts, incrível (por que não fizeram isso antes? Até que enfim!).

As palestras iniciais foram ministradas pelo Hélio Sá, Rodolfo Roim e Thiago Cruz num formato bem interessante, onde os três interagiam enquanto as novidades do novo SharePoint eram demonstradas para todos os presentes. Foi realmente bem bacana, pois o evento foi responsável por mostrar em primeira mão o SharePoint 2010 aqui no Brasil, todas as demos utilizadas no evento eram de builds de versões pré-beta.

O Office Web Applications foi uma atração a parte. Ver produtos com o Word, Excel, PowerPoint e Access sendo utilizados em diversos browsers sem a necessidade instalações no client foi demais! Lembro que cheguei a comentar sobre o Office para web aqui no Reverb, e realmente fiquei feliz de conseguir ver isso ainda nesse ano, foi incrível!

Segue uma pequena lista de outras novidades apresentadas no evento:

  • O Groove passará a se chamar SharePoint Workspace e será responsável por sincronizar conteúdo com entre diversos locais e dispositivos;
  • O SharePoint conta com suporte nativo pro Silverlight;
  • É possível fazer o upload de múltiplas imagens com drag and drop;
  • Inclusão de novo recurso de rating settings para webparts;
  • Novo recurso de co-autoria, permite 2 pessoas trabalharem juntas em um documento, disponibilizando chat com vídeo, bem legal;
  • Renderização de conteúdo do Visio no browser via Silverlight;
  • One Note Services, Word Services, Excel Services, Power Point Services, Access Services;
  • Não existe mais necessidade de language packs, o SharePoint já traz as opções de idioma nativamente;
  • É possível habilitar Debugging e Tuning numa página, o que facilita para o desenvolvedor entender quais métodos estão sendo chamados, queries, tempos, entre outras informações;
  • Ciclo de desenvolvimento integrado com o TFS;
  • SharePoint Designer 2010 será gratuito como a versão anterior, contudo ele foi totalmente remodelado e possui as ribbons sensíveis ao contexto, facilitando o trabalho do usuário;
  • Soluções de SandBox em tempo de desenvolvimento (adeus iisreset);
  • Event Receivers com novos eventos;
  • Developer Dashboard, uma área que permite o desenvolvedor visualizar um relatório analítico de todos os erros de uma página;
  • Validação de dados para inputs de usuário;
  • Acesso a dados com o novo Linq to SharePoint nativo (será possível utilizar queries do Linq para consultar objetos do SharePoint);

Enfim, foi um evento muito bom e com um custo irrisório (R$ 50,00 com direito a camiseta e brindes). O evento também foi uma boa oportunidade de aumentar o networking, e como não poderia deixar de acontecer, diversos membros do .Net Architects estavam presentes, entre eles o Victor Cavalcante e o André Dias. Os organizadores prometem que esse SharePoint Brasil Summit não será o único e que outros virão.