Conversando com um amigo que não conhecia Fluent Interfaces, acabei criando um exemplo simples para explicar o conceito, e achei bacana postar aqui a solução. Fluent Interfaces (ou interfaces fluentes) é uma técnica para escrita de interfaces que descrevam suas classes, métodos e propriedades. Elas recebem este nome porque a sua semântica é clara, seja individualmente, seja seguindo a sequência lógica da execução.

Em C#, a base para construção de Fluent Interfaces é o suporte oferecido pela linguagem ao chamado Method Chaining (ou “encadeamento de métodos”, termo cunhado por Martin Fowler, por volta de 2006).

Abaixo vemos um exemplo de utilização de código com Fluent Interfaces. Observe que da linha 10 a 13 a leitura do código fica muito simplificada, pois codificamos da mesma forma que encadeamos as ações a serem feitas. Ou seja, o código além de semântico é fluente.

using System;

namespace Estudo.FluentInterface.App
{
    class Program
    {
        static void Main()
        {
            // Escrita de código fluente.
            var vendedora = new Vendedora()
                .Oferecer(Produto.Fogao)
                .ComDescontoDe(15)
                .ValendoAte(new DateTime(2010, 7, 1));

            vendedora.Escrever();
            vendedora.Falar();

            Console.ReadKey();
        }
    }
}

 
O que vemos no código acima é um encadeamento de métodos da classe Vendedora. Mas como isso é possível?

O código abaixo mostra como foi criada a interface utilizada pela classe Vendedora. Note que ao criarmos os métodos “Oferecer”, “ComDescontoDe” e “ValendoAte” como sendo do tipo IFluentConversa estamos criando o encadeamento dos métodos, por inferência de tipos.

 

using System;

namespace Estudo.FluentInterface
{
    public interface IFluentConversa
    {
        IFluentConversa Oferecer(Produto produto);
        IFluentConversa ComDescontoDe(decimal desconto);
        IFluentConversa ValendoAte(DateTime data);

        void Falar();
        void Escrever();
    }
}


A seguir, temos a enumeração de produtos existentes.

namespace Estudo.FluentInterface
{
    public enum Produto
    {
        Cafeteira,
        Liquidificador,
        Batedeira,
        Fogao
    }
}

 
Abaixo vemos como fica a implementação da classe Vendedora. Apenas para tornar o exemplo um pouquinho mais interessante, o método Falar utiliza o a classe SpeechSynthesizer (disponível no Windows 7) que permite informarmos um texto para o sintetizador de voz do Windows para que o mesmo seja narrado por uma mulher (“Microsoft Anna”).

using System;
using System.Text;
using System.Speech.Synthesis;

namespace Estudo.FluentInterface
{
    public class Vendedora : IFluentConversa
    {
        Produto produto;
        decimal desconto;
        DateTime data;

        public IFluentConversa Oferecer(Produto produto)
        {
            this.produto = produto;
            return this;
        }

        public IFluentConversa ComDescontoDe(decimal desconto)
        {
            this.desconto = desconto;
            return this;
        }

        public IFluentConversa ValendoAte(DateTime data)
        {
            this.data = data;
            return this;
        }

        public void Falar()
        {
            var speech = new SpeechSynthesizer();
            speech.SelectVoice("Microsoft Anna");
            speech.Speak(MontarTexto());
        }

        public void Escrever()
        {
            Console.Write(MontarTexto());
        }

        private string MontarTexto()
        {
            var texto = new StringBuilder();
            texto.Append("Você gostaria de comprar ");

            switch (produto)
            {
                case Produto.Batedeira: texto.Append("uma batedeira "); break;
                case Produto.Cafeteira: texto.Append("uma cafeteira "); break;
                case Produto.Fogao: texto.Append("um fogão "); break;
                case Produto.Liquidificador: texto.Append("um liquidificador "); break;
            }

            texto.Append("com incríveis " + desconto.ToString() + "% de desconto? ");
            texto.Append("Essa promoção é valida até " + data.ToShortDateString() +  ".");

            return texto.ToString();
        }
    }
}


Apesar de simples, implementar Fluent Interfaces traz suas particularidades e questões que precisam ser avaliadas. Elas podem ser uma boa opção para criação de DSL’s ou para descrever abstrações de uso de uma API. Em contrapartida, pode ser trabalhoso manter todas as chamadas de métodos encadeadas. Outro problema comum é que podemos não entender quando e qual método finaliza a cadeia de ações. Por conta disso, muitos criticam o uso de Fluent Interfaces por elas dificultarem a compreensão de conceitos de design e até mesmo de orientação a objetos.

Abaixo, você pode fazer o download da solução com este exemplo.