Tuco_shoot 
(Elly Wallace interpretando Tuco em “The Good, the Bad and de Ugly”)

Resumo do que aprendi e pratico sobre feedback.

Dando feedback Recebendo feedback
– Não enrole, fale o que você pensa de forma objetiva e clara; – Nem sempre é legal ouvir um feedback, mas SEMPRE podemos tirar alguma lição;
– Embase o seu feedback com exemplos e fatos concretos, sempre destacando as oportunidades de melhoria (com seus benefícios); – Mesmo que você fique p#$@ com um feedback, agradeça e reflita (sem julgamentos) a respeito. Retrucar imediatamente um feedback quase sempre é uma péssima ideia;
– Praticar feedback dentro de um contexto emocionalmente frágil é arriscado tanto para quem recebe quanto para quem dá: equilíbrio e empatia são aliadas; – Tenha em mente que o feedback diz respeito a um comportamento seu numa determinada situação, não à sua pessoa;
– “Errou na mão” ao dar um feedback? Aprenda e faça melhor na próxima oportunidade. – “Errou na mão” ao receber  um feedback? Aprenda e faça melhor na próxima oportunidade.

– Um bom feedback é aquele que ajudará tanto quem fornece quanto quem recebe, equalizando expectativas, melhorando a comunicação e tornando as relações profissionais e pessoais producentes (isso tem um valor inestimável).

Discorda de algo? Deixe seu feedback aqui. Smiley piscando