O TOGAF pode oferecer uma série de direcionamentos, ferramentas e práticas interessantes para um arquiteto de TI desenvolver seu trabalho em uma organização.

O diagrama abaixo (disponível publicamente aqui) nos dá um boa visão das preocupações relevantes durante o processo de definição de uma arquitetura. Ele também aponta os artefatos gerados pelo trabalho do arquiteto (por artefato, entendam: padrões, guias, especificações, contratos arquiteturais etc., e não somente documentos Word sem utilidade, por favor).

Traçando um paralelo com o meu post anterior, podemos ver um perfeito casamento entre os níveis e funções para um arquiteto dentro de uma empresa e as preocupações apontadas no diagrama. Note que as áreas de intersecção (diagrama do post anterior) entre os tipos de arquiteto representam as preocupações comuns e os pontos de contato e colaboração desses skills.

Experimente checar cada item do diagrama acima e constatar quais dessas preocupações fazem parte dos insumos utilizados em uma tomada de decisão no seu cotidiano. É um exercício rápido e que pode ser útil para melhorar a forma como você colabora com o time e a empresa. Wink

Para aprofundar em cada conceito relatado no diagrama, consulte aqui o TOGAF.