Warning: A non-numeric value encountered in /home/storage/2/cd/76/leandrodaniel/public_html/wp-content/themes/Divi/functions.php on line 5806

Se pegarmos um arquivo de configuração de uma aplicação web feita em .NET Framework 1.1 e compararmos com um web.config atual veremos que a quantidade de elementos e tags dentro do XML cresceu consideravelmente. Com o passar dos anos novas implementações e melhorias no .NET Framework ampliaram as possibilidades de configuração de um projeto, dividindo os desenvolvedores em dois grupos distintos: os que gostam e os que odeiam arquivos de configuração XML.

Divergências à parte, vou mostrar uma opção para separarmos as configurações relacionadas a Enterprise Library em arquivos próprios, separados do web.config ou app.config, o que pode ser de grande ajuda para agilizar o trabalho de manutenção e até controlar o acesso a quem é devido.

Vamos utilizar um programa disponibilizado com a instalação da Enterprise Library chamado Enterprise Library Configuration. Se a instalação foi realizada da forma padrão, o arquivo estará disponível no seguinte endereço:

C:\Arquivos de programas\Microsoft Enterprise Library 4.1 – October 2008\Bin\EntLibConfig.exe

Outra forma de acessar este programa é através da IDE do Visual Studio, clicando com o botão direito no arquivo de configuração do projeto e escolhendo a opção Edit Enterprise Library Configuration.

EntLibConfig

Na tela que será apresentada clique com o botão direito no segundo nó da estrutura e escolha a opção New e em seguida Configuration Sources. Será criado um novo nó chamado Configuration Sources, abaixo dele existe um item chamado System Configuration Source, remova este item clicando com o botão direito em cima dele e escolhendo Remove.

Clique novamente com o botão direito no item Configuration Sources e escolha a opção New e em seguida File Configuration Source. A partir desse ponto, basta utilizar a janela Properties (F4) do VS.NET para localizar o caminho do arquivo de configuração através da propriedade File. Também será necessário clicar no item Configuration Sources do painel de configuração e alterar a propriedade SelectedSource para File Configuration Source.

EntLibConfig01

Repetindo os passos acima você pode adicionar mais arquivos de configuração, dependendo apenas da sua necessidade e conveniência. Outra possibilidade interessante é criptografar o arquivo isolado, usando a propriedade ProtectionProvider, conferindo um nível a mais de segurança às informações da aplicação.

Gostando ou não dos arquivos de configuração XML, espero que este post tenha sido útil para você. Até o próximo!